terça-feira, 10 de agosto de 2010

Wobben passa a oferecer ao mercado aerogerador com 3MW de potência

Equipamento já está disponível para parques que disputarão os leilões renováveis.
A Wobben, fabricante de aerogeradores para parques eólicos, anunciou o lançamento de um novo modelo de aerogerador, o E-82. A máquina terá capacidade instalada de 3MW, o que a tornará o equipamento eólico mais potente fabricado no País. A unidade já está sendo negociada junto a investidores interessados em competir nos leilões de fontes alternativas e de reserva, que acontecem em 25 e 26 de agosto.
De acordo com o gerente de suporte técnico da Wobben, José Tadeu Matheus, o aerogerador estará disponível em dois modelos, cada um adequado a uma diferente classe de vento, o que fará com que a a altura das torres varie. "A produção terá início em 2011", assegurou o engenheiro. Ele ainda lembrou que a companhia, que tem fábricas em Sorocaba, no interior de São Paulo, e em Pecém, no Ceará, deve chegar a 2012 com 1GW em equipamentos eólicos vendidos - isso sem contar com as negociações atualmente em curso.
Segundo dados da Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica), a Wobben foi a fornecedora que fechou mais contratos no primeiro leilão de energia eólica realizado no País, em dezembro passado, com uma participação de 25,9% nas vendas. Em segundo lugar, aparece a GE, com 22,9% de market share. O presidente da associação, Ricardo Simões, lembrou que 10% dos vencedores do certame ainda não fecharam acordos para o fornecimento dos aerogeradores.
"Estamos negociando, o mercado está bastante aquecido. E estamos fechando novos contratos, ainda temos capacidade para produzir mais", garantiu Matheus, da Wobben. Segundo o engenheiro, a companhia tem capacidade instalada de 500MW em suas fábricas no País.

Nenhum comentário:

Postar um comentário