domingo, 20 de junho de 2010

EPE cadastra 517 usinas com 15.774 MW para Leilão de Fontes Alternativas

O Leilão de Fontes Alternativas que será realizado pelo Governo Federal no dia 19 de agosto deverá atrair um grande número de participantes. O processo de cadastramento efetuado pela Empresa de Pesquisa Energética – EPE totalizou a inscrição de 517 empreendimentos interessados em competir no certame. Juntos, os projetos somam 15.774 megawatts (MW) de capacidade instalada. O Leilão de Fontes Alternativas será voltado especificamente para contratação de energia proveniente de centrais eólicas, termelétricas movidas à biomassa (bagaço de cana-de-açúcar, resíduos de madeira e capim elefante) e pequenas centrais hidrelétricas (PCHs). Terá preferência de contratação a energia ofertada pelo menor preço às distribuidoras. O fornecimento começará em janeiro de 2013. Do total de 517 projetos cadastrados, 478 (14.529 MW) já haviam sido inscritos para o Leilão de Energia de Reserva, que será promovido nos dias 18 e 19 de agosto. Estes projetos, vale observar, foram automaticamente cadastrados para o Leilão de Fontes Alternativas, e podem optar por participar de um ou de outro certame. No cadastramento aberto exclusivamente para o Leilão de Fontes Alternativas, foram inscritos na EPE mais 39 projetos, com capacidade instalada de 1.209 MW. Destes, 26 são de centrais eólicas (645 MW), sete são de termelétricas à biomassa (429 MW) e seis são de PCHs (135 MW). Na avaliação do presidente da EPE, Mauricio Tolmasquim, a grande quantidade de oferta para o Leilão de Fontes Alternativas permite antever uma forte competição, o que deverá permitir a aquisição de energia gerada por fontes renováveis a preços competitivos, beneficiando o consumidor brasileiro. Veja abaixo o resumo do cadastramento na EPE. Leilão de Fontes Alternativas 2010 – cadastramento por fonte: Fonte: EPE (http://www.epe.gov.br/) 18/06/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário