terça-feira, 19 de julho de 2011

Leilão A-3 terá preço teto de R$139 por MWh; no certame de reserva, teto será de R$146 por MWh

Notem o preço para o leilão de reserva. Competindo somente com biomassa no leilão de reserva é possível que o preço fique nos níveis do leilão de 2010. Bom para o segmento, que necessita mostrar rentabilidade. Segue a reportagem abaixo por Luciano Costa - Jornal da Energia.

Aneel aprova editais e marca eventos para 17 e 18 de agosto; expansão de Jirau teve tarifa máxima fixada em R$102 por MWh
A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou na tarde desta segunda-feira (18/7) os editais dos leilões de energia A-3 e de reserva, marcados para 17 e 18 de agosto, respectivamente. O primeiro certame, que poderá contratar parques eólicos, usinas a biomassa, térmicas a gás natural e pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) terá preço-teto de R$139 por MWh para todas as fontes. A exceção é o projeto de expansão da hidrelétrica de Jirau, que somente poderá vender sua produção por preços abaixo de R$102 por MWh. No certame de reserva, que contará com eólicas e biomassa, o limite será diferente: R$146 por MWh.
Os contratos fechados no A-3 terão início de suprimento marcado para 1º de março de 2014 e poderão ser fechados por disponibilidade ou quantidade de energia, dependendo da fonte. No leilão de reserva, serão assinados contratos de energia de reserva na modalidade por quantidade, com início de fornecimento em 1º de julho de 2014.
Empresas estrangeiras poderão participar da concorrência sozinhas ou em consórcio, sendo que, nesse caso, a liderança do grupo deverá ser de uma companhia brasileira. Caso investidores do exterior vençam de forma isolada, deverão criar uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) constituída sob as leis brasileiras para receber a outorga e tocar o empreendimento.
A Aneel também destaca que os acordos tiveram "alterações relevantes" em sua redação para "conferir maior clareza às obrigações assumidas pelas partes" - compradores e vendedores. Os documentos serão publicados na edição desta terça-feira (19/7) do Diário Oficial da União.

Nenhum comentário:

Postar um comentário